Dicas para proteger seus filhos dos perigos do verão

Sim, é verão! Nessa temporada as crianças ficam mais ativas e se divertem mais. Os pais também precisam de uma energia extra para redobrar os cuidados com seus filhos nessa estação.

Veja a seguir algumas dicas para proteger seus filhos dos perigos do verão:

Proteja-os do sol

Crianças e adolescentes expostos à luz solar de maneira descuidada tem maiores chances de serem diagnosticadas com um melanoma. Por isso, é importante se certificar que sua família aproveite tudo de melhor que o sol tem a oferecer, mas de maneira segura.

Aplique o protetor solar e repita. Um protetor solar com um fator de proteção solar (FPS) de 15 ou mais reduz a intensidade de raios UV que causam queimaduras solares. Aplique generosamente 15 a 30 minutos antes da exposição ao sol, para que a pele possa absorver e diminuir assim, a probabilidade de que o bloqueador solar saia na água. Lembre-se de reaplicar a cada duas horas e depois que as crianças nadarem ou transpirarem. Para a maioria dos usuários, a aplicação e a reaplicação adequadas são fatores mais importantes do que usar um produto com um FPS mais alto.

Vestir as crianças e fazer com que usem chapéus é muito importante, pois a roupa pode ser uma excelente barreira para os raios UV.

Mantenha bebês com menos de seis meses fora da luz solar direta, vestindo roupas confortáveis ​​e usando chapéus com abas. Se possível, utilize camisetas a prova de raios UV.

Planeje o início da manhã, pois vale lembrar que é preciso evitar exposição ao sol entre 10h e 16h. Isso parece impossível para seus filhos ativos? Então, certifique-se de que todos possam ter uma folga do sol quando necessário.

Cuidado com a sombra, pois ela alivia o calor, mas proporciona uma falsa sensação de segurança contra os raios UV. É possível ter uma queimadura na sombra, porque a luz está espalhada e refletida. Uma pessoa de pele clara sentada debaixo de uma árvore pode se queimar em menos de uma hora.

Proteja-os dos insetos

Usar repelente é a maneira mais segura para que as crianças não fiquem repletas de picadas de insetos. É preciso reaplicar sempre que o produto é lavado ou quando a criança levar uma nova picada. Se o seu filho for picado e parecer ter uma reação alérgica, procure assistência médica para saber se deve administrar algum medicamento.

Previna a desidratação

Você pode se surpreender com o quanto – e quando – as crianças devem beber líquidos. Especialistas afirmam que para evitar a desidratação, as crianças devem consumir em média 1 litro de água por dia.

Supervisione os mergulhos dos pequenos, pois o afogamento acontece de forma rápida e silenciosa. De fato, o afogamento é a principal causa de mortes por lesões não intencionais em crianças de 1 a 4 anos de idade. Aqui estão algumas dicas úteis para evitar acidentes ao redor da água:

– Fique longe de telefones celulares. Não se deixe distrair quando seus filhos estiverem na água. E sim, conversar com outros pais também é uma distração comum.

– Certifique-se de que as crianças estão em piscinas apropriadas para suas faixas etárias e de preferência em locais com salva-vidas.

Seguindo esses cuidados o verão de sua família será cheio de muita diversão e deixará saudades até o próximo ano.

Deixe um comentário